Vidro Cenográfico

Vidro Cenográfico

Todos certamente já assistiram filmes onde, o herói ou o vilão voa através de uma janela ou porta de vidro que se estilhaça completamente, sem causar nenhum ferimento. Ou ainda alguém que numa briga de bar quebra uma garrafa na cabeça do oponente.

Estes vidros não são iguais aos que utilizamos nas janelas ou garrafas. Trata-se de vidros cenográficos cuja matéria-prima é o açúcar.

Os vidros cenográficos são muito menos resistentes que os vidros comuns e muito mais fáceis de quebrar, garantindo a integridade física dos artistas durante as filmagens, porém quebram com o mesmo efeito espetacular de um vidro real.

Os vidros reais são muito mais duros e resistentes e tentar atravessar uma porta de vidro temperado não é nada recomendado, pois pode causar desastrosas consequências. O mesmo no caso de ter uma garrafa quebrada na cabeça.

O açúcar é constituído de grãos de sacarose cristalizada. Podemos fazer um paralelo do mesmo com a areia, constituída de grãos de quartzo que é um mineral cuja composição é sílica cristalizada.

Assim como ao aquecermos a areia em temperatura muito alta o quartzo vai fundir-se gerando um líquido viscoso que com o esfriamento suficientemente rápido origina vidro, com o açúcar ocorre exatamente o mesmo, porém as temperaturas exigidas são muito inferiores.

Provavelmente muitos já fizeram esta simples experiência em casa: aquecer açúcar em fogo brando em uma panela até se obter um líquido bastante viscoso. Jogando este líquido sobre uma superfície fria como o granito da pia, por exemplo, vai se formar caramelo que embora não seja empregado da mesma maneira que o vidro tradicional não deixa de ser um vidro.

Para se produzir os vidros cenográficos se utilizam mesas muito planas com dispositivos de aquecimento e esfriamento onde o açúcar é fundido em conjunto com outras substancias, assim como a areia recebe aditivos no vidro real, e em seguida resfriado de maneira a se obter lâminas com as superfícies bem lisas e paralelas para garantir a transparência.

As garrafas são feitas em molde que, pela baixa temperatura, pode ser de borracha ou plástico.

Eles podem ser incolores ou coloridos bastando adicionar algum colorante na massa.

Vidros cenográficos não possuem outra finalidade além de serem quebrados em cenas de ação, pois assim como o caramelo, se dissolvem facilmente na água não possuindo a importante característica dos vidros tradicionais de grande resistência química que garante sua integridade e utilização por séculos.

Mauro Akerman
Junho 2017

Comments are closed